Bombeamento Verne 555

O sistema de bombeamento desenvolvido pela Enersud toma por base um aerogerador Verne convencional que passa pelas seguintes modificações:

  • Aumento do número de polos para permitir atingir frequência superior a 45 Hz com baixa velocidade evento.
  • Enrolamento adquado para atingir 180 Volts com baixa velocidade de vento.
  • Alteração do sistema de controle e passo para estabilizar frequência a partir de 60 Hz.
  • Introdução de um sistema eletrônico para evitar que a turbina parta com o motor contactado e para desconectar quando a frequência cair abaixo de 45 Hz.
  • Introdução de um sistema eletrônico promova o descarte de energia quando a tensão nos terminais do gerador atingir 240 Volts.
  • Com essas modificações a turbina estará habilitada a operar em sincronismo com um motor elétrico trifasico enquanto a velocidade do vento estiver situada acima de determinado patamar.

    O sistema com essa cocepção apresenta duas grandes vantagens. Em primeiro lugar é eliminado o inversor de frequência que participa com uma grande paarcela dos custos da instalação. Em segundo lugar o sistema reduz consideravelmente as perdas, já que essaas são reduzidas ãs do gerador e do motor.

    Outro ganho que o sistema apresenta é a possibilidade e instalar a turbina eólica em um local distante ddo motor elétrico pois o sistema pode operar com voltagem elevada, reduzindo as perdas.

    Embora desenvolvido tendo em mente operaçãos de bombeamento o sistema pode operar em qualquer situação em que se use um motor elétrico coja velocidade possa variar dentro de uma faixa de 10 a 20 Hz.

    Esse modo de operação é perfeitamente admissível em bombas de deslocamento positívo e compresssores.

    No caso do Verne555 de bombeamento a Enersud conseguiu um equilíbrio tal que torna possíveel o bombeamento com bombas centrífugas, mesmo operando em profundidades superiores a 100 metros.

    As curvas abaixo mostram o desempenho de vários rtipos de bombas operando em condições diferente de velocidade de vento.